Tabela do INSS 2020: Calendário de Pagamento do Benefícios

Não podemos negar que a tabela do INSS 2020 é muito importante para os beneficiários. Então, se você ainda tem dúvidas sobre o assunto e precisar estar por dentro das informações ligadas à Previdência Social, continue lendo e saiba tudo sobre a tabela do INSS 2020.

Tabela do INSS 2020
Tabela do INSS 2020

INSS 2020

A sigla do INSS 2020 significa Instituto Nacional do Seguro Social. E representa um órgão que foi criado pelo Governo Federal, em que atualmente é administrado pelo Ministério da Previdência Social.

TABELA DO INSS 2020

O benefício que ganha mais destaque quando se fala da Previdência é a aposentadoria. Já que esta é uma conquista do brasileiro que contribui por longos anos a fim de ter uma garantia a longo prazo.

No entanto, quando há necessidade de requerer outros seguros e auxílios, também se conta com a ajuda do INSS. Confira alguns dos benefícios garantidos ao trabalhador:

  • Aposentadoria INSS 2020;
  • Aposentadoria especial a pessoas com deficiência;
  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Auxílio – reclusão;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-doença;
  • Benefício assistencial ao idoso e ao deficiente (BPC-LOAS);
  • Pensão por morte;
  • Perícia médica;
  • Reabilitação profissional;
  • Salário-família;
  • Salário-maternidade;
  • Serviço social.

Para realizar o saque referente ao seu benefício é que o segurado checa cada detalhe presente na tabela INSS 2020 atualizada. E encontra o dia referente a liberação do pagamento. 


Novas regras para aposentadoria INSS 2020

Com o passar dos anos já ocorreram algumas mudanças sobre as exigências e requisitos necessários para solicitação dos benefício previdenciários.

Uma das modificações mais importantes tem relação com a aposentadoria. Hoje, as regras para aposentadoria INSS estabelecem as seguintes propostas:

  • Ter idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 para os homens;
  • Para quem for professor, 60 anos para homem e mulher;
  • Para policiais e trabalhadores em condições de risco 55 anos;
  • Para trabalhadores rurais 55 anos para mulheres e 60 para homens;
  • Por tempo de contribuição de 30 anos para as mulheres e 35 para os homens.

Regras para aposentadoria 2020 com a reforma da Previdência 

A PEC 6/19, também chamada de reforma da Previdência, pode ser aprovada no Plenário do Senado ainda em 2019. Passando a valer com suas novas exigências em 2020. 

Dentre as suas mudanças, a mais significativa está relacionada as regras para aposentadoria 2020 com reforma da Previdência. Em que serão alteradas as determinações para quem já atua no mercado e para aqueles que começarão a contribuir. 

A ideia é que por meio da emenda o governo possa poupar em dez anos cerca de R$876,7 bilhões. Para isso, faz parte do texto solicitações como:

Para quem já está no mercado de trabalho:

  • Tempo de contribuição: 30 anos para mulheres e 35 anos para homens;
  • Regra 1 idade + tempo de contribuição: 56 anos para mulheres e 61 anos para homens, a cada ano são acrescentados mais seis meses. Até que as mulheres atinjam 62 anos e os homens 65 anos;
  • Regra 2 sistema de pontos: soma de idade mais tempo de contribuição, em que o resultado para mulheres seja de 100 pontos e para homens de 105 pontos.

Para quem vai começar a contribuir:

  • Trabalhador rede privada: idade mínima de 62 anos mulheres e 65 anos homens. Tempo de contribuição mínima: 15 anos mulheres e 20 anos homens;
  • Servidores públicos: idade mínima de 62 anos mulheres e 65 anos homens. Necessário cumprir 25 anos de contribuição, com 10 anos no serviço público e cinco no mesmo cargo em que o servidor irá se aposentar;
  • Trabalhadores rurais: idade mínima de 55 anos mulheres e 60 anos homens e tempo de contribuição de 15 anos para ambos os sexos;
  • Professores: idade mínima de 57 anos mulheres e 60 anos homens. Tempo de contribuição de 25 anos ambos os sexos;
  • Policiais federais, rodoviários federais e legislativos: Idade mínima de 55 anos para ambos os sexos. E tempo de contribuição: 30 anos para ambos os sexos, além de 25 anos no exercício da carreira.

Alíquotas de contribuição do INSS 2020

É sempre bom lembrar que a tabela para contribuição do INSS pode sofrer atualizações e mudanças em suas respectivas alíquotas de um ano para o outro. Então fique sempre de olho no valor de contribuição de INSS 2020 quando atualizado.

Algumas categorias terão valores que diferem de uma para outra. Confira a seguir, a tabela mais atualizada com esse percentual:

Tabela para Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso 2019
Salário de Contribuição (R$) Alíquota
Até R$ 1.693,72 8%
De R$ 1.693,73 a R$ 2.822,90 9%
De R$ 2.822,91 até R$ 5.645,80 11%

 

Tabela para Contribuinte Individual e Facultativo 2019
Salário de Contribuição (R$) Alíquota Valor
R$ 954,00 5% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição e Certidão de Tempo de Contribuição)* R$ 47,70
R$ 954,00 11% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição e Certidão de Tempo de Contribuição)** R$ 104,94
R$ 954,00 até R$ 5.645,80 20% Entre R$ 190,80 (salário mínimo) e R$ 1.129,16 (teto)

Alíquotas de contribuição ao INSS depois da reforma da Previdência 

Além da aposentadoria, a reforma também vai modificar as alíquotas de contribuição. Dividindo em oito faixas de rendimento, e aumentando o valor. 

Essa quantia é descontada da folha de pagamento daqueles que atuam com registro em carteira, ou, podem ser pagas em carnê por contribuinte individual. 

  • Até um salário mínimo: 7,5%;
  • De um salário mínimo até R$ 2 mil: 9%;
  • De R$ 2.000,01 a R$ 3 mil: 12%;
  • De R$ 3.000,01 a R$ 5.839,45: 14%;
  • De R$ 5.839,46 a R$ 10 mil: 14,5%;
  • De R$ 10.000,01 a R$ 20 mil: 16,5%;
  • De R$ 20.000.01 a R$ 39 mil: 19%;
  • Acima de R$ 39.000,01: 22%.

Para entender melhor quais as expectativas com a aprovação da reforma, assista ao vídeo produzido pela Tv Senado. Com entrevista concedida por especialista. 


Tipos de aposentadorias INSS 2020

Além de conseguir se aposentar por idade e tempo de contribuição, como citamos no tópico acima, o trabalhador também poderá solicitar o benefício de outras maneiras.

Então confira os outros tipos de aposentadorias INSS 2020:

  • Invalidez – quando o cidadão não consegue exercer nenhuma função para trabalho por questões de doenças ou acidentes;
  • Condição Especial – quando o trabalhador realiza atividades que comprometem a sua saúde física ou mental, sendo necessária a comprovação em laudos médicos que consiga comprovas as causas.

Para que serve a tabela INSS?

De forma direta, quem usa a tabela INSS 2020 são todas as pessoas que recebem algum benefício responsável pela administração do INSS.

Tendo o cronograma em mãos é que o seguro consegue saber com exatidão quando será feito o seu pagamento.

✓ Veja ainda como funciona o Teto INSS 2020

O calendário de pagamento INSS 2020 segue como base para organização o último número do benefício. O registro está marcado no cartão da Previdência. 

A tabela de pagamento INSS 2020 pode ser encontrada em todas agências de atendimento da Previdência Social e em seu site oficial. E inclui o pagamento dos benefícios como:

  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Auxílio Acidente;
  • Auxílio Doença;
  • LOAS;
  • Pensão Por Morte;
  • Salário Família.

Tabela de pagamento INSS 2020

Foi pensando em facilitar a vida dos brasileiros que recebem esses benefícios, que a tabela do INSS 2020 de aposentadoria foi criada. Todos os anos, a Previdência Social realizada mudanças e atualizações antes de divulgar a tabela que ficará vigente.

TABELA DO INSS 2020

E é nela que o beneficiários conseguem informações muito importantes sobre o seu saque, como a data em que está autorizado a receber o pagamento.  

Com o intuito de organizar o depósito dos créditos e evitar aglomeração nas agências é necessário usar tabela INSS 2020 atualizada.

Tabela do INSS 2020 (Beneficiário)

Uma nova tabela é sempre divulgada no fim do ano anterior ao início da sua vigência. Em alguns casos o INSS pode prorrogar esse período e divulgar a organização bem próximo do início do ano.

✓ Veja também como ter acesso ao resultado de perícia INSS 2020

Como ainda não está no período de divulgação da tabela INSS 2020 atualizada, você pode conferir as datas que já foram estabelecidas na tabela mais recente:

A Previdência Social divide a organização em dois tipos de cronogramas. Para aqueles que recebem até 1 salário mínimo, e para os que têm rendimento superior ao piso. 

Veja que na primeira coluna do canto esquerdo, está o número final do benefício. Nas demais colunas, separadas por meses, são informados os dias em que os créditos cairão em conta. 

Caso você queira saber mais informações sobre assuntos relacionados aos benefícios oferecidos pelo INSS 2020, clique aqui e seja redirecionado para sua página oficial.

Além da tabela INSS do beneficiário 2020, você também pode ter acesso aos seus extratos, confira!


Consulta online tabela do INSS 2020

Não podemos negar que com o avanço da tecnologia temos muitas praticidades e uma dela é conseguir realizar a consulta online da tabela de pagamento INSS 2020

É por meio desse procedimento que você tem acesso a informações sobre o benefício que você recebe, sem burocracias.

E para deixar ainda mais rápido para você, criamos um breve passo a passo para você está realizando esse procedimento. Confira o portal:

  • Nesta página você deverá informar os seguintes dados:
    – Número do seu benefício;
    – Data de nascimento;
    – Nome completo;
    – Número do seu CPF.
  • Com esses dados preenchidos, agora você deverá informar o código de segurança solicitado pelo sistema;
  • Após isso, clique em “Visualizar” e tenha acesso a todas as informações sobre o dia previsto para saque. 

Como e onde sacar o valor do INSS?

Depois de entender como funciona o seu benefício e saber qual a data de pagamento foi determinada, saiba como realizar o saque do INSS 2020.

Assim como qualquer recebimento, não existem dificuldades para receber a quantia.Basta se dirigir até em um dos locais autorizados para fazer essa retirada com o seu cartão em mãos. 

Confira o responsável por efetuar seu pagamento, no dia estabelecido pela tabela INSS 2020.Os beneficiários deverão se dirigir até aos seguintes locais:

  • Agências Bancárias (vai depender dos bancos disponíveis em sua cidade);
  • Lotéricas (caso seu benefício seja pago pela Caixa Econômica Federal);
  • Terminais de autoatendimento (do banco onde seu benefício é pago).

Cadastro portal Meu INSS

Uma outra forma de se manter atualizado, é se cadastrando no portal Meu INSS! Através deste site, é possível ficar a par dos serviços INSS, extrato do seu benefício, cartas de concessão INSS, ambas as tabelas do INSS (contribuinte e beneficiário) e muito mais!

Veja como se cadastrar no portal Meu INSS 2020:

TABELA DO INSS 2020

  • Preencha corretamente todos os campos do formulário solicitado;
  • Digite o código de segurança e prossiga;
  • Será gerado para você uma senha de acesso;
  • Com seu login e senha gerados, efetue seu login no portal.

No seu primeiro login será solicitado que você atualize sua senha com as informações que preferir. Não esqueça! Pois você precisará dela toda vez que acessar o seu portal.


Como agendar serviços INSS?

Com os avanços tecnológicos, ficou bem mais fácil realizar o agendamento INSS 2020Basta acessar o site do INSS para realizar os procedimentos necessários para o agendamento.  

TABELA DO INSS 2020

Clique aqui e seja redirecionado para escolher a opção que você deseja. Lembrando que, caso você não tenha, é necessário criar um login para acessar algumas opções.

O Meu INSS ainda está disponível em aplicativo para celular, nos aparelhos com sistema IOS e Android. 

E auxilia na consulta por resultados de perícias e solicitações de benefícios, poupando tempo e evitando que seja necessário comparecer até uma agência apenas para verificar o andamento do processo. 

Auxílio Acidente 2020: Valor, Como Solicitar? AQUI

O auxílio acidente 2020 é um dos benefícios de quem é segurado do INSS. Um pouco diferente do auxílio doença, ele é concedido àqueles que tiveram sua capacidade de trabalho reduzida após acidente. Porém, o auxílio acidente 2020 só pode ser dado ao segurado após ele passar por perícia.

Auxílio acidente 2020
Auxílio acidente 2020

Neste artigo você vai entender as diferenças entre auxílio acidente e auxílio doença, qual o valor a receber e como você pode solicitar. Acompanhe!

Diferença entre auxílio acidente e auxílio doença

Apesar de ambos terem relação com problemas de saúde que podem incapacitar de laborar, existe uma diferença entre os dois auxílios concedidos pelo INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social). Vejamos o que significa cada um desses benefícios:

Auxílio doença

O benefício do auxílio doença é concedido aos funcionários que, por motivo de doença grave ou acidente de trabalho, tiveram que se ausentar do serviço por mais de 15 (quinze) dias consecutivos.

Para ter direito, no entanto, é necessário uma carência de 12 meses como contribuinte do INSS. Outro ponto importante é que o funcionário só recebe esse auxílio enquanto não puder voltar ao trabalho. Assim que restabelecer a saúde, o benefício é suspenso.

Auxílio Acidente

Auxílio acidente

É o benefício de natureza indenizatória concedido àqueles funcionários que, por causa de um acidente ou doença, sofreram alguma sequela que reduza sua capacidade laboral.

✓ Confira a nova tabela INSS 2020

Diferente do auxílio doença, não é necessário ter carência para garantir o direito ao benefício do auxílio acidente, visto que se trata de uma indenização.

Em ambos os casos, o segurado precisa ser avaliado pela perícia médica do órgão federal antes de receber o benefício.


Por quanto tempo o auxílio acidente é concedido?

Como se trata de um benefício de natureza indenizatória, o tempo de recebimento do auxílio acidente 2020 é permanente. Ou seja, se após o retorno do funcionário ao exercício do trabalho ficar constatado a redução de sua incapacidade de laborar, então o segurado fará jus a concessão do benefício.

Dessa forma, o auxílio acidente 2020 não substitui o salário do trabalhador, sendo pago a um valor inferior ao salário mínimo mesmo enquanto trabalha.

✓ Veja as novas regras do INSS Trabalhador Doméstico 2020

Caso o acidente ou doença grave resulte em incapacidade total ao trabalho, o segurado passa a receber o auxílio doença, em valor superior ao salário mínimo vigente.

É importante destacar que o governo estuda um projeto em que o INSS tenha exclusividade apenas sobre aposentadorias e parte das pensões. Isso significa abrir o mercado de auxílio doença e acidente para o setor privado, segundo notícia no Globo.


Valor do auxílio acidente 2020

A renda mensal inicial do auxílio acidente 2020 deverá ser, como mencionado neste artigo, inferior ao salário mínimo, o que corresponde a 50% do salário de benefício do segurado.

✓ Confira as vantagens do Aplicativo Meu INSS 2020

O salário de benefício (para segurados filiados após 29-11-1999) é a média aritmética dos maiores salários de contribuição – equivalente a 80% do período contributivo – multiplicado pelo fator previdenciário.

Já para aqueles filiados até 28/11/1999, o cálculo da média considera apenas os salários de contribuição lançados após julho de 1994.

Sendo assim, se o segurado recebe salário de R$ 1039,00, o valor de Renda Mensal Inicial (RMI) será de R$ 519,00 (50% sobre o salário).


Como solicitar o auxílio acidente 2020?

O auxílio acidente 2020 pode ser solicitado pelo portal do Meu INSS. O agendamento da perícia feito pela internet consiste no preenchimento de um formulário, onde o contribuinte informa seus dados pessoais e de trabalho.

A seguir, um passo a passo para solicitar o auxílio acidente no Meu INSS:

  • acesse o portal Meu INSS;
  • faça login no sistema;

  • escolha “Agendamentos/Requerimentos”;
  • clique em “novo Requerimento” e “Avançar”;
  • digite palavra “acidente” para encontrar na lista;
  • selecione o serviço desejado.

Após o agendamento, basta acompanhar o andamento pelo portal. Assim que a perícia for marcada, o segurado vai precisar levar seus documentos, inclusive aqueles que comprovem o estado de saúde e a incapacidade de quem requereu.

Entre esses documentos, incluem o laudo médico e um formulário preenchido pelo empregador, onde ele informa o último dia de trabalho do funcionário.

Caso haja alguma informação adicional sobre o auxílio acidente 2020 este artigo será atualizado. Portanto, não deixe de conferir as novidades do site.

Aplicativo Meu INSS 2020: Como Baixar, Benefícios

O aplicativo Meu INSS 2020 chegou para facilitar a vida do segurado, tornando acessível tanto para PC quanto para celular. A partir de agora você marca agendamentos, realiza consultas, solicita benefícios e serviços, além de ter acesso aos seus dados laborais. Tudo isso apenas com o aplicativo Meu INSS 2020.

Aplicativo Meu INSS 2020
Aplicativo Meu INSS 2020

Saiba mais sobre a ferramenta oficial do INSS e como baixar para começar a usufruir dessa tecnologia.

Sobre o aplicativo Meu INSS 2020

Com todo o sistema do INSS digitalizado, agora os segurados têm acesso à agência do Instituto Nacional de Seguridade e Social em casa ou na palma da mão.

O aplicativo Meu INSS 2020 é a ferramenta que livra o segurado de enfrentar longas filas e esperas para agendar sua aposentadoria ou simular tempo de contribuição, por exemplo.

Basta ter uma senha e login cadastrados para aproveitar todos os benefícios oferecidos pela central de serviços do INSS.

Aplicativo Meu INSS

Segundo informou o secretário do Governo Digital do Ministério da Economia, Luís Felipe Monteiro, e noticiado na Agência Brasil, a Previdência está em um projeto de transformação digital:

“[…] Todos os requerimentos, todos os serviços do INSS [Instituto Nacional do Seguro Social] estarão disponíveis nos canais digitais de forma simples, para que o cidadão tenha todas as informações na primeira tela, com ícones intuitivos”, disse Monteiro.


Como se cadastrar no Meu INSS?

O cadastro do Meu INSS precisa ser feito através do Portal Gov.Br. Para quem não sabe, Gov.Br é o substituto do Cidadão.Br, e seu objetivo é garantir acesso único a todos os serviços do Governo.

É possível realizar o cadastro pelo aplicativo ou pelo site do Banco do Brasil, Caixa, Itaú, Bradesco, Sicredi, Santander, Sicoob, Banrisul e Mercantil do Brasil.

Para se cadastrar no Meu INSS você vai precisar seguir este passo a passo:

  • entre no site do INSS;
  • clique em “Entrar” no topo direito da página;

  • Mais um clique, dessa vez em “login”;
  • na nova página, selecione “Crie sua conta”;
  • informe seus dados pessoais;

  • valide seus dados;

  • habilite seu cadastro, optando receber o código por e-mail ou telefone.

O sistema vai gerar um número de acesso para que você possa definir sua senha e, assim, entrar no Portal.

Pode acontecer de no primeiro acesso no Meu INSS, o sistema solicitar autorização de uso dos seus dados pessoais. Confirme a autorização e passe pelas etapas seguintes. As questões que precisam de respostas são:

  • último ano de contribuição da GPS (Guia de Previdência Social) – Caso tenha contribuído;
  • valor da faixa salarial para o cálculo da GPS;
  • último ano de contribuição para a Previdência Social – Caso tenha contribuído;
  • se recebeu algum benefício da Previdência nos últimos 5 anos;
  • nome da empresa onde trabalhou.

Se todas as respostas estiverem corretas, vai aparecer a mensagem de “usuário validado com sucesso”. Entretanto, se algo deu errado, será necessário esperar 24 horas para uma nova tentativa, ou ligue 135 para conseguir acessar o aplicativo. Você só precisa confirmar seu CPF.


Quem não precisa fazer cadastro no Gov.Br?

Como o Gov.br integra vários serviços em um único sistema, nem todas as pessoas vão precisar fazer o novo cadastro. Para acessar o aplicativo Meu INSS 2020, você pode usar o CPF e a mesma senha que usava nos seguintes sites:

  • antigo Brasil Cidadão;
  • Cidadão.Br.

É importante destacar que o acesso via aplicativo também pede os mesmos dados, ou seja, a senha é a mesma usada diretamente no site.


Serviços disponíveis no Meu INSS

Ter acesso aos benefícios na ferramenta do INSS ficou mais fácil com o aplicativo Meu INSS. Você não enfrenta filas, pode realizar consultas, agendar perícia e solicitar sua aposentadoria.

Portanto, veja os benefícios disponíveis na central de serviços do Meu INSS:

Em alguns casos, como a solicitação por “aposentadoria por tempo de contribuição” pode ser que a opção para verificar se há o benefício à distância não seja possível. Com isso, o segurado terá que fazer um agendamento e ir na agência mais próxima.

O mesmo ocorre na solicitação de perícia de auxílio-doença, cujo agendamento é feito pela internet, mas a perícia é na agência.


Como baixar o aplicativo Meu INSS 2020?

Para baixar o aplicativo Meu INSS 2020 basta ir na loja de apps do seu sistema operacional: Google Play (Android) ou App Store (IOS).

Depois, é só clicar em “instalar”, abrir o aplicativo e entrar com seus dados e senha. Você terá acesso aos benefícios do Meu INSS na palma da sua mão!

Caso haja alguma informação nova sobre o app do Meu INSS, este artigo será atualizado.

INSS Trabalhador Doméstico 2020: Como Contribuir?

O INSS trabalhador doméstico 2020 traz a tabela para quem paga serviços domésticos, seja em casa de família ou empresas. A alíquota de desconto vai depender do salário do empregado, que varia entre 8% a 11%, e pode sofrer reajuste anual, principalmente o INSS trabalhador doméstico 2020. Entenda mais a seguir!

INSS Trabalhador Doméstico 2020
INSS Trabalhador Doméstico 2020

Para saber como contribuir para o INSS 2020, é só continuar a leitura deste artigo!

Sobre o INSS trabalhador doméstico

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) não era regulamentada para o empregado doméstico até o ano de 2006. Até essa data, quem prestava qualquer serviço doméstico em empresas ou casas de família não tinha nenhum direito ou benefício garantido. Era uma profissão desvalorizada pelo mercado.

INSS Trabalhador Doméstico

A partir de 2006, foi regulamentada a PEC das domésticas, um projeto que concedeu benefícios, como o salário empregada doméstica, de acordo com o salário mínimo 2020, férias, 13º, carga horária, salário-maternidade, entre outros.

O INSS trabalhador doméstico desconta 8%, 9% ou 11%, dependendo do valor que o empregado recebe. Enquanto o empregador desconta 8%.

É importante saber que toda pessoa que contribuiu para o INSS nos 12 meses anteriores, tem direito a benefícios, incluindo, por exemplo, o auxílio-doença.


Como contribuir ao INSS trabalhador doméstico 2020?

A contribuição para o INSS trabalhador doméstico 2020 vai depender da formalização e registro do empregado, a fim de evitar ações trabalhistas.

Portanto, é necessário, primeiro ter o registro do empregado na CTPS (Carteira de Trabalho) e cadastrá-lo no e-Social Doméstico, um portal que unifica as informações sobre as empregadas em um único lugar.

Dessa forma, todos os meses, o empregador doméstico precisa pagar o guia DAE (Documento de Arrecadação do e-Social), que trata sobre o guia de recolhimento do FGTS – Fundo de Garantia – e de outros tributos.


Tabela de contribuição do INSS doméstico 2020

A tabela de contribuição depende do teto INSS 2020, que é atualizada todos os anos. No momento, ainda não há atualização da tabela do INSS doméstico 2020, portanto, você confere abaixo a tabela 2019 com os valores de alíquota sobre o INSS doméstico:

Tabela para Empregado, Empregado Doméstico e Trabalhador Avulso 2019
Salário de Contribuição (R$) Alíquota
Até R$ 1.751,81 8%
De R$ 1.751,82 a R$ 2.919,72 9%
De R$ 2.919,73 até R$ 5.839,45 11%

A tabela abaixo referente ao contribuinte individual e facultativo:

Tabela para Contribuinte Individual e Facultativo 2019
Salário de Contribuição (R$) Alíquota Valor
R$ 998,00 5% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição e Certidão de Tempo de Contribuição)* R$ 49,90
R$ 998,00 11% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição e Certidão de Tempo de Contribuição)** R$ 109,78
R$ 998,00 até R$  5.839,45 20% Entre R$ 199,60 (salário mínimo) e R$ 1.167,89 (teto)

Assim que a nova tabela do INSS trabalhador doméstico 2020 sair, este artigo poderá ser atualizado. Fique atento para futuras informações.


Valor de dedução do INSS trabalhador doméstico 2020

O limite de dedução máximo da contribuição patronal da Previdência Social, em 2019, foi de R$ 1.200,32. Segundo uma notícia no G1, 2019 terá sido o último ano para deduzir o trabalhador doméstico na declaração do Imposto de Renda:

Termina neste ano a possibilidade de dedução, na declaração de imposto de renda, do valor de contribuições pagas ao INSS por patrões de empregados domésticos, com carteira assinada. […] O limite de abatimento […] incidente sobre a remuneração do empregado doméstico […], é de R$ 1.200,32.

INSS Trabalhador Doméstico 2020

Em caso de não haver mudança na lei que revogue essa decisão, o valor de dedução para o INSS trabalhador doméstico 2020 deve continuar o mesmo.

Para o empregador conseguir o desconto máximo no cálculo do IR ele precisa declarar as despesas com o empregado separado dos membros da família.

A dedução só poderá ser feita para um empregado doméstico, mesmo que o empregador tenha dois. A exceção é para o caso de haver outro contribuinte na família que faça a declaração do imposto de renda.

Calculadora INSS 2020: Calcular INSS Online

Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como usar a calculadora INSS 2020, afinal, as regras para se aposentar sofreram mudanças. A calculadora INSS 2020 é uma forma prática que ajuda todo contribuinte a calcular o desconto do INSS de acordo com o tempo de contribuição.

Calculadora INSS 2020
Calculadora INSS 2020

Neste artigo, vamos mostrar que calcular INSS online não é nenhum mistério. Continue lendo para aprender a fazer o cálculo pela internet.

O que é INSS?

O INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) é a instituição responsável por recolher parte do salário do trabalhador em regime CLT. O salário descontado é para pagar benefícios de aposentadoria INSS por tempo de serviço ou invalidez, doença, e para desempregado.

INSS Previdência Social

✓ Veja as regras para aposentadoria rural 2020

Como as regras de aposentadoria sofreram mudanças, é importante se manter atualizado e saber usar a calculadora INSS 2020.


O que mudou nas regras de aposentadoria INSS 2020?

Com a reforma da previdência, o cálculo do INSS sofreu alterações, por isso, antes de aprender a calcular o desconto, vamos destacar quais são as novas regras de aposentadoria INSS 2020.

As mudanças na reforma previdenciária incluem:

  • tempo de contribuição – Para mulheres será de 30 anos, e para homens será de 35 anos;
  • idade mínima – 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens);
  • trabalhadores rurais – 55 anos (mulheres) e 60 anos (homens);
  • professores – 60 anos para ambos os sexos;
  • polícias e pessoas que trabalham em atividade de risco – 55 anos de idade.

Agora que você conhece as regras para se aposentar em 2020, vamos ensinar a fazer o cálculo de desconto INSS.


Como calcular o desconto na calculadora INSS 2020?

Para calcular INSS online é preciso fazer login no site Meu INSS. Caso ainda não tenha feito seu cadastro, basta criar sua conta e informar seus dados pessoais.

Antes de tudo, vale destacar que a calculadora INSS 2020 é uma simulação, que segue a fórmula do novo fator previdenciário 85/95. Esse fator determina que a idade e o tempo de contribuição de mulheres e homens devem somar, respectivamente, 85 e 95 pontos.

✓ Acompanhe as definições do teto INSS 2020

Calculadora INSS 2020 - Meu INSS
Site do Meu INSS.

Sendo assim, vamos aprender a calcular INSS online de forma manual e a partir do cadastro do Cidadão.br.


Calculadora INSS 2020 com simulação manual

Antes de usar a calculadora INSS 2020 com simulação manual, tenha em mãos as carteiras de trabalho e outros comprovantes de pagamento do INSS. Dessa forma, fica mais fácil prosseguir neste passo a passo:

1. acesse o site Meu INSS;

2. preencha os campos com a sua data de nascimento e sexo;

Calculadora INSS 2020 com simulação manual

3. clique no botão “+” à direta do campo “adicionar vínculo”;

4. inclua a datas de admissão e de saída do trabalho. Adicione todos os seus vínculos empregatícios, repetindo o passo 3 e 4. Tais informações são encontradas na carteira de trabalho;

5. dê um clique em simular no canto inferior à direita;

6. os pontos da sua contribuição ao INSS vão aparecer na tela;

7. clique em “detalhar”, no canto inferior direito para baixar o PDF com todos os detalhes da sua aposentadoria.


Calculadora INSS 2020 com simulação no Cidadão.br

Há uma outra forma de calcular INSS online no Meu INSS: é fazendo a simulação no Cidadão.br. Para isso, siga este passo a passo:

1. na mesma tela do passo 1 da simulação manual, clique em “faça login para carregar seus vínculos automaticamente”;

2. uma aba do Cidadão.br vai se abrir. Clique em “Cadastre-se”;

3. preencha os campos com os seus dados pessoais;

4. o sistema mostra sua senha provisória; guarde em segurança até você decidir mudar;

5. volte para a página inicial do Meu INSS e clique em “entrar”;

6. novamente a aba do Cidadão.br vai se abrir. Preencha com o seu CPF e a senha fornecida no passo 4;

7. selecione a caixinha “não sou um robô” e dê um clique em “entrar”.

Feito tudo isso, você terá os dados da sua aposentadoria na tela, incluindo tempo de serviço em cada empresa e quantos pontos faltam para você se aposentar.

A grande vantagem de fazer essa simulação no Cidadão.br é que você não precisa digitar entrada e saída de cada empresa, pois o sistema reconhece essas informações graças ao seu CPF.

É bom lembrar que a calculadora INSS 2020 tem por base o novo fator 85/95, como já mencionado. Portanto, caso haja mudanças e novas informações sobre a regra de aposentadoria, este artigo será atualizado.

Agências INSS 2020: Consultar por Endereço ONLINE

Se você pretende requerer algum benefício no INSS poderá se dirigir a uma das  agências INSS 2020. Nesse post você saberá todos as informações para conseguir consultar online o endereço mais próximo a sua residência . Portanto, se esse artigo chamou sua atenção, leia até o final para ficar melhor informado sobre as agências INSS 2020.

Agências INSS 2020
Agências INSS 2020

Agências INSS 2020

As agências INSS 2020 ou Instituto Nacional do Seguro Social,  é uma instituição ligada a Previdência Social juntamente ao Governo do Estado. Sua utilidade é para os cidadãos que possuem suas obrigações de recolhimento de contribuição previdenciária em dia, garantindo além da aposentadoria, vários outros benefícios que serão disponibilizados para os contribuintes.

São vários os benefícios que o empregado contribuinte pode ter direito, o principal deles é o de receber a aposentadora, porém, existem vários outros benefícios que o emprego pode utilizar no decorrer de toda sua vida.

As agências também, são as principais responsáveis por divulgar a tabela INSS 2020. Sendo renovada todos os anos, sempre existe a necessidade de consultar suas novas informações.


Principais Benefícios Solicitados nas Agências INSS

Os principais benefícios buscados pelos contribuintes são:

Principais Benefícios Solicitados nas Agências INSS

Acima foram citadas apenas alguns dos benefícios que os empregados contribuintes podem ter direito, para ler a lista completa de todos os benefícios oferecidos pelo INSS, acesse a página oficial do INSS.

É importante destacar que para cada benefício existe um prazo mínimo de contribuição, a carência. Para saber sobre a carência dos benefícios, é preciso analisar uma a uma e cada caso especificamente.


Consultar a Agência INSS 2020 Online

Existem duas formas de analisar sua situação no INSS,  tanto a online como a presencial. Se no seu caso, não for possível comparecer a uma das agências INSS 2020, alguns benefícios podem ser solicitados pela internet e sem precisar se dirigir a agência em nenhuma momento.

Apenas utilizando um computador conectado a internet é possível obter várias informação, veja o passo a passo abaixo:

  • Acesse o site oficial do INSS;
  • Busque pela opção de acesso rápido;
  • Nesse momento é preciso saber qual o benefício que se está pleiteando, então, selecione o benefício desejado;
  • Preencha todos os dados solicitados e, caso necessário, anexe os documentos solicitados;
  • Se necessário, será agendada alguma perícia ou avaliação social para a concessão do benefício;
  • Por fim, basta aguardar o resultado.


Consultar a Agência INSS 2020 por Endereço

Se você tem dificuldades com sistemas online, ou prefere resolve suas pendências de forma pessoal, poderá tranquilamente se dirigir a uma das agências INSS 2020 mas próxima.

Para saber qual a agência mais próxima, é possível acessar o site do INSS, e através da ferramenta Encontre uma Agência buscar o endereço desejado apenas informando o número do CEP ou consultar por endereço.

Veja alguns dos endereços do INSS mais procurados:

  • Instituição Nacional de Seguro Social: João Pessoa PB – Rua Paulino dos Santos Coelho, 30 – Jardim Cidade Universitária – Telefone (83) 3255-0366
  • Instituto Nacional de Seguro Social: Campina Grande PB – Praça Félix Araújo, 68-Estação Velha – Telefone (83) 3341-4448
  • Instituto Nacional de Seguro Social: Caruaru PE – Av. Rui Barbosa, 250- Maurício de Nassau – Telefone (81) 3727-9500
  • Instituto Nacional de Seguro Social: Recife PE – Rua João Carlos Guimarães, 147- Afogados -Telefone: (81) 3428- 4433
  • Instituto Nacional de Seguro Social: Petrolina PE –Rua Tobias Barreto- Centro
  • Instituto Nacional de Seguro Social: Natal RN – Rua Apodi, 2150- Tirol -Telefone (84) 3216-5000
  • Instituto Nacional de Seguro Social: Mossoró RN –Rua Auta de Souza, 11- Centro – Telefone: (84) 3317-8600
  • Instituto Nacional de Seguro Social: Porto Alegre – Tv. Mário Cinco Paus, 20- Centro Histórico
  • Instituto Nacional de Seguro Social: Rio Grande do Sul – Av. Bento Gonçalves, 867- 1ª andar – Partenon – Telefone (51) 3223-1234/ (51) 3223-1834.

Esses foram alguns dos endereços mais procurados, para que veja a lista completa terá que entrar no site oficial das Agencias INSS 2020. Caso não tenha encontrado o endereço desejado ou telefone para contato de alguma agência do INSS, basta ligar para 135.

Auxílio Reclusão 2020: Quem Tem Direito? Como Solicitar?

O auxílio reclusão 2020 é um benefício pago aos dependentes do segurado que se encontra preso. Mesmo sendo um benefício bem controverso no momento, entender sobre como ele funciona é a melhor maneira para emitir um posicionamento. Portanto, para entender melhor como funciona o auxílio reclusão 2020,  continue lendo o artigo a seguir e saiba como é possível solicitar.

Auxílio Reclusão 2020
Auxílio Reclusão 2020

Auxílio Reclusão 2020

Muito se fala sobre quem tem direito a receber o auxílio reclusão 2020, isso porque muito se confunde sobre quem é o real beneficiário do valor financeiro, dando algumas vezes a entender que o prese será o beneficiário, o que não ocorre.

O benefício na verdade é pago aos dependentes daquele que é segurado, ou seja, se um pai, contribuinte, se encontrar preso, os filhos ou esposa que terão direito a receber o benefício.

Esse benefício foi criado com o intuito e não deixar que a família fique desamparada.

regras do Auxílio Reclusão 2020
Auxílio Reclusão 2020

Quem tem Direito ao Auxílio Reclusão 

Como dito anteriormente, o benefício é pago aos dependentes do segurado que se encontra na prisão. Ocorre quem, além de ser dependente, estes precisarão comprovar ser de baixa renda.

Veja os requisitos para ter direito:

  • Primeiro, é preciso ser dependente do segurado. Nesse caso existem algumas classificações:
    • O marido, esposa ou companheiro e os filhos menores de 21 anos ou inválidos;
    • Os pais;
    • Irmão menor de 21 anos ou inválido .
  • É preciso comprovar que o preso era o responsável financeira pela família;
  • É preciso comprovar que o preso e a família vivem em condição de baixa renda financeira;
  • Por último, mas não menos importante, é preciso comprovar a carência. No caso do auxílio reclusão 2020, é preciso comprovar a carência de 24 meses, ou seja, o segurado precisará ter contribuído por, no mínimo, esse período para poder ser considerado apto.

Condição para o Auxílio Reclusão 

Para se enquadrar no direito a receber o benefício, é preciso ficar atento que não são todos os tipos de prisões que dão direito ao recebimento do benefício.

✓ Dê uma olhada em mais benefícios:

Houve um período em que o pagamento acontecia para os que estavam em regime semiaberto, ocorre que hoje em dia isso não ocorre. Os únicos beneficiários do recebimento do benefício são os que se encontram unicamente em regime fechado.


Como Solicitar o Auxílio Reclusão 2020

Para requerer o benefício, é possível se dirigir a uma agência do INSS mais próxima a sua residência. Mas, caso prefira, também é possível fazer a solicitação pela internet.

✓ Confira a nova Tabela INSS 2020

Veja o passo a passo a seguir:

  • Na parte direita, busque por Agendamentos/ Requerimentos;
  • Selecione a opção “Novo Requerimento”;
  • Busque pela opção “Pensões, Auxílio-Reclusão e Salário Maternidade” e, caso você trabalhe na zorna rural, clique em “Auxílio-Reclusão” e depois em “Solicitar”;

  • Preencha todas as informações solicitada e atualize seu cadastro;
  • Selecione todos os documento exigidos e anexe;

Auxílio Reclusão

  • Conclua o procedimento e aguarde o resultado.

Valor do Auxílio Reclusão 2020

Muito se questiona sobre qual deve ser o valor pago para os dependentes de presos reclusos, mas, esse valor segue uma tabela do INSS.

O valor máximo do benefício é de R$1.319,18, esse valor é o máximo, mas pode variar de acordo com o valor da contribuição perante o INSS.

A finalidade do pagamento é fazer com que os dependentes, que nenhuma culpa possuem pelo falo do segurado estar preso, conseguirem se manter com o mínimo possível e de sem perder a dignidade.

Aposentadoria Rural 2020: Quem Tem Direito?【AQUI】

Todos sabem o quanto o trabalho rural é pesado e quando é chegado um determinado tempo de trabalho, com o passar da idade, a tendência é de não conseguir produzir tanto quanto antes. Nesse sentido é que surgiu a aposentadoria rural 2020. Se você é uma das pessoas que podem se contemplar e desejam saber um pouco mais sobre esse benefício, leia a matéria até o final e saiba tudo sobre a aposentadoria rural 2020.

Aposentadoria Rural 2020
Aposentadoria Rural 2020

Aposentadoria Rural 2020

De acordo com a legislação previdenciária, a atividade rural também funciona para a obtenção de aposentadoria rural, mas, apesar de haver essa liberação, os beneficiários irão apresentar algumas particularidades.

Existem algumas possibilidade de conseguir uma aposentadoria rural 2020, veja quais:

  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria especial;
  • Aposentadoria proporcional;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição

Aprenda ainda, como fazer a simulação de aposentadoria 2020!


Quem tem Direito a Aposentadoria Rural 2020

Mesmo que alguns  trabalhadores rurais tenham direito a se aposentar, é necessário preencher uma série de quesitos. É imprescindível que os requisitos sejam respeitados por completo para a possibilidade de recebimento da aposentadoria.

✓ Dê uma olhada na nova tabela INSS 2020

Confira os requisitos:

  • Ter trabalhado ao menos 15 anos em regime familiar ou em regime individual;
  • Trabalhadores que se encaixam em seguro social ou emprego rural como lavradores, artesãos, pescadores, etc.
  • Os homens precisam ter mais que 60 anos e as mulheres mais que 55 anos.


Tempo de Contribuição para a Aposentadoria Rural 2020

Além dos requisitos necessários, homens e mulheres precisarão respeitar o tempo de carência exigido em lei. A carência diz repeito ao período de contribuições necessárias para poder solicitar a aposentadoria.

Veja como as carências são contadas:

  • Quando a contagem é por tempo de serviço, chamamos de contagem hibrida. Nela será contado o tempo de serviço tanto rural como na contribuição urbana;
  • Se a condição for através da idade mínima, o trabalhador terá que levar em consideração a idade mínima exigida pelo INSS, contando a partir de seus quatorze anos.
  • Se em seu caso, o trabalhador começou antes dos quatorze anos, a contagem será a partir dos doze anos.

Como Comprovar Trabalho Rural para Aposentadoria 2020

Uma das melhores provas de comprovar que o trabalhador laborou sua vida em sistema rural, é através de documentação. Ocorre que, por ser tratar de pessoas mais simples e sem muita instrução, nem sempre isso é tão fácil.

✓ Conheça outras novidades nos benefícios:

Porém, é possível comprovar ser trabalhador em audiência para requerer o benefício, onde o juiz poderá fazer perguntas e solicitar testemunhas que comprovem o fato.

Com toda documentação em mãos será possível da entrada na aposentadoria rural 2020. Veja como procede também, a prova de vida 2020, pode ser bem útil para você!

Aposentadoria Rural 2020


Documentos para Aposentadoria Rural

Os documentos necessários para que sejam comprovadas suas atividades rurais, são:

  • Comprovante de cadastro no INCRA;
  • Declaração dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais;
  • Ficha de alistamento militar ou documento comprovando que foi afastado do exercito;
  • Registro do imóvel Rural;
  • Documentos da PRONAF (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar).
  • Certidão de casamento, nascimento ou óbito.

Como já dito acima, caso o trabalhador não possa a documentação, precisará levar de três a seis testemunhas que provem seu grau de envolvimento com o trabalho.

A solicitação poderá ser feita diretamente em uma das agências do INSS, e nesse momento deverá ser marcado um horário para que o interessado consiga apresentar toda sua documentação.

Em caso de ter o benefício negado, o trabalhador poderá buscar um advogado para ingressar com uma ação judicial, que deverá ser ajuizada na justiça Federal, para pleitear seus direitos ter seu pedido analisado. 

Seguro Defeso 2020: Quem Tem Direito, Como Sacar?

O Governo dará início ao Seguro Defeso 2020 neste início de ano, começando a fazer os cadastros e pagamentos de todos os pescadores das regiões sobre a norma de preservação ambiental. Todos os pescadores da localidade devem ficar atentos sobre todas as informações sobre o Seguro Defeso 2020.

Seguro Defeso 2020
Seguro Defeso 2020

Continue lendo este texto para saber mais informações sobre o Seguro Defeso!

Seguro Defeso 2020

Todos os anos o Governo Federal emite um mandado para proteção da vida marinha em vários locais o Brasil. Quando isso ocorre, os pescadores ficam impossibilitados de praticar suas atividades.

Porém, para que não sejam financeiramente prejudicados, o Governo emite o pagamento do Seguro Defeso 2020. Este benefício é pago a todos os pescadores que fizerem uma inscrição no CadÚnico.

Por meio do Seguro Defeso, os pescadores receberão pagamentos parcelados que devem cobrir todas as suas necessidades por todo o período de proteção ambiental anual.

Seguro Defeso 2020

É importante lembrar que todos aqueles que se cadastrarem, caso sejam pegos infligindo este período de defesa marinha, ficam permanentemente expulsos do benefício.


Quem tem direito ao benefício?

Sempre que o Governo delimita o tempo em que o Seguro Defeso 2020 será acometido, os pescadores locais deverão procurar o órgão responsável para poderem entrar neste benefício.

Pois este benefício funciona também como uma espécie de seguro desemprego 2020 especial. Porém, a única forma de ter acesso a este auxílio, é quando é chegada a hora da proteção da vida marinha.

Porém, infelizmente não são todos os pescadores que podem se inscrever no Seguro Defeso 2020. Regras foram criadas para definir quem poderá ou não receber as parcelas Seguro Defeso.

Para isso, veja abaixo todas as regras e se você se enquadra nelas:

  • Todo pescador interessado deverá ter a função de pescador integral, sem interrupções durante o ano, com exceção durante o período do Defeso;
  • Somente quem tiver um Registro Geral de Pesca (RGP), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), como pescador profissional artesanal por pelo menos 1 anos, poderá fazer a inscrição neste benefício;
  • É preciso ter seguridade pelo INSS como pescador profissional ou artesanal;
  • Não poderão e inscrever quem já estiver recendendo outros benefícios federais como INSS pensão por morte 2020 ou auxílio doença INSS 2020;
  • Não pode se inscrever aqueles que possuem uma segunda opção de emprego com renda fixa.

Seguro Defeso 2020

Caso você esteja dentro de todas as exigências mostradas acima. Você poderá realizar a inscrição de forma oficial assim que o período do Defeso for sancionado pela Ministério do Meio Ambiente.


Valor e como sacar o Seguro Defeso

Assim como a grande maioria dos benefícios oferecidos pelo INSS, o Seguro Defeso 2020 também toma como base o salário mínimo. Ou seja, cada uma das parcelas pagas pela Previdência Social 2020 tem o valor do salário mínimo 2020.

No ano de 2019, o valor de cada uma das parcelas pagas pelo Seguro Defeso foram de R$ 998.

E para que o beneficiário possa sacar o seu valor, será preciso ter uma conta na Caixa Econômica Federal. A partir da Caixa, o cidadão deverá ter o Cartão Cidadão 2020. Pois será por meio dele que o saque das parcelas será efetuado.


Como solicitar o Seguro Defeso 2020

Caso você seja um pescador em área demarcada para o Seguro Defeso 2020, será preciso que você faça a sua inscrição no site Meu INSS 2020 para poder receber os pagamentos do INSS.

Veja abaixo como fazer esse processo:

  • Entre no site Meu INSS clicando neste link de acesso;
  • Ao entrar, digite suas informações nos campos obrigatórios e depois clique em “Continuar sem login”;

  • Ao entrar no sistema, você deverá selecionar a opção “Seguro Defeso” e depois agendar um atendimento no próprio site;
  • Será preciso escolher um local, hora e data para ser atendido presencialmente. Após realizar esse agendamento, basta ir até o local na data e hora marcada.

Pronto, após chegar ao local de atendimento, será apenas preciso fornecer seus documentos básicos de identificação para prosseguir no cadastro do benefício do Seguro Defeso 2020.


Consulta Caixa

É possível ainda fazer uma consulta online para saber quando será feito o pagamento de cada uma das parcelas. Para realizar essa operação, o pescador inscrito no Seguro Defeso 2020, deverá acessar o site da Caixa.

Veja abaixo como realizar este procedimento de consulta online:

  • Entre no novo portal de consultas da Caixa clicando neste link de acesso;
  • Após entrar no site, você deverá fazer login no site. Se não tiver uma conta na Caixa, basta criar uma e após isso realizar o login no sistema;

Seguro Defeso 2020

  • Logo após entrar no sistema da Caixa, é preciso ir em “Consultas de benefícios” e clicar em “Seguro Defeso”.

Pronto, após seguir esses passos será possível visualizar todas as informações sobre o Seguro Defeso 2020. Dentre essas informações, estão dados como dia de pagamento, valor e até quantas parcelas ainda faltam a ser pagas.

Tudo isso poderá ser impresso e guardado como documento pelo cidadão caso deseje.  

Prova de Vida 2020: O que é? Como Agendar AQUI

Você é aposentado, maior que 60 anos e precisa fazer a prova de vida 2020? Se a resposta for positiva, saiba que terá a opção de agendá-la.  Neste artigo falaremos um pouco sobre o que é a prova de vida 2020, para que serve e mostraremos um passo a passo de agendamento, caso o aposentado seja maior que 60 anos. Se você se interessou pelo artigo em questão, não deixe de acompanhá-lo até o final.

Prova de Vida 2020
Prova de Vida 2020

Prova de Vida 2020

A prova de vida 2020 é uma forma que o INSS encontrou para assegurar que os beneficiários que estejam recebendo os pagamentos estejam vivos. O procedimento é feito anualmente na agência em que recebe o benefício.

Seu objetivo é dar segurança tanto para o estado como para o cidadão Brasileiro, pois através desse procedimento serão evitados pagamentos indevidos e fraudes.

A prova de vida 2020 é obrigatória para todos os que recebem o benefício por meio de conta corrente, cartão magnético ou conta poupança.

Para que serve a Prova de Vida?

Para realizar o procedimento, o beneficiário terá que está portando algum documento com foto, por exemplo: Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho, etc.

Os únicos beneficiários que não precisaram passar por esse procedimento, serão os que começaram a receber a aposentadoria ou pensão há menos de um ano. Pois tem o benefício há pouco tempo.

Após esse prazo a comprovação terá a mesma validade dos outros, podendo variar de agência para agência. Vale lembrar que de acordo com a lei atual, não será necessário agendamento prévio para que seja feito o procedimento.

Quem avisará o período do prazo para que seja feito é a agencia de cada beneficiário. Comunicando assim a cada segurado da data limite para comparecer a agência bancária, para não perder seu benefício!

Prova de Vida


Prazos para Prova de Vida 2020

Para que o beneficiário compareça a agência, a data varia de acordo com cada instituição.

Algumas agências convocam os beneficiários de acordo com a data específica solicitada, outras com um mês antes de vencer a comprovação, já outras vão de acordo com o aniversário do beneficiário.

É importante que o interessado procure diretamente a agência que recebem o benefício. Abaixo temos alguns contatos de centrais de atendimento dos principais bancos:

  • Banco do Brasil: 0800-729-0722
  • Caixa Econômica Federal: 0800- 726-0101
  • Banco Pan: 0800-776-8000
  • Banco Banrisul: 0800- 646-1515
  • Banco Safra: 0800- 772-5755
  • Banco Daycoval: 0800-775-0500
  • Banco Santander: 0800-762-7777
  • Banco Bradesco: 0800-704-8383
  • Banco Itaú:0800-722-7377

Esses são alguns números de Agências que possuem maior número de beneficiários de INSS.


Como agendar Prova de Vida 2020

Cada banco possui uma regra diferente, cada um com sua data limite. Não será obrigatório o agendamento em uma agência no INSS (que seria válido para os beneficiários acima de 60 anos). Sendo assim cada um deve se informa sobre a data correta em sua agência.

Se por acaso o beneficiário não tiver condições de comparecer a agência por questões de saúde ou dificuldade de locomoção, terá que apresentar um atestado médico ou pedir que o hospital emita uma declaração, comprovando o estado do beneficiário.

Essas declarações médica também são válidas para maiores de 80 anos, pois essas pessoas naturalmente já possuem mobilidade reduzida. Assim, será solicitado um Servidor até a residência do cidadão, comprovando que está vivo.

Em caso de dúvida sobre a prova de vida 2020,  é possível de dirigir a uma agência do INSS para tirar todas as suas dúvidas ou  ligar para o 135. Também é possível acessar o site e buscar por  Meu INSS.

 

Aposentadoria por Invalidez 2020: Como Solicitar?

Muitos beneficiários do INSS ainda possuem dúvidas quanto a aposentadoria por invalidez 2020, não deixe de nos acompanhar até o fim desta matéria para que possa entender melhor a  aposentadoria por invalidez 2020. Aqui falaremos sobre: o que é o benefício, como fazer o acompanhamento através da internet e receber seu resultado final sem sair de casa, quem tem direito a contratar e mostraremos um passo a passo de como solicitar o benefício.

Aposentadoria por Invalidez 2020
Aposentadoria por Invalidez 2020

Aposentadoria por Invalidez 2020

A aposentadoria por invalidez 2020 é um benefício previdenciário que será concedido ao trabalhador que permanentemente ficou incapaz de exercer qualquer atividade e que não possa ser reabilitado para outra profissão. Para receber o benefício terá que fazer uma avaliação da perícia médica do INSS.

O benefício será pago enquanto persistir a invalidez, podendo ser reavaliado a cada dois anos, pela perícia do INSS.

O cidadão que for em busca da aposentadoria por invalidez, antes, precisará solicitar o auxílio doença. Caso a perícia médica do INSS constate a incapacidade permanente do trabalhador e veja que não tem como reabilitar para outra função, o indicarão a aposentadoria por invalidez 2020.


Quem tem Direito a Aposentadoria por Invalidez 2020 

Para ter direito ao benefício, o trabalhador precisará ter feito a contribuição individual INSS 2020 no mínimo por 12 meses. É estipulado esse tempo, pois é considerado como “carência” para que possa solicitar o benefício.  

No entanto, só poderá solicitar o benefício, o trabalhador que tenha passado por esse período de contribuição. Só haverão três situações que podem excluir esse período de carência, são elas:

  • Se o contribuinte for acometido por alguma doença que esteja na lista do Ministério da Saúde e do Trabalho e da Previdência Social, como doença grave, incapacidade e irreversível.
  • Acidente, de qualquer tipo;
  • Acidente ou doença de trabalho.

Abaixo, algumas das doenças citadas na lista do Ministério da Saúde e do Trabalho e da Previdência Social:

  • Alienação mental;
  • Grave;
  • Doença de Parkinson;
  • Cardiopatia Grave;
  • Nefropatia Grave;
  • Cegueira total;
  • Tuberculose Ativa;
  • Esclerose Múltipla;
  • Síndrome da deficiência Imunológica Adiquirida (AIDS);
  • Estado Avançado da doença de Paget (osteíte deformante);
  • Hanseníase;
  • Paralisia Irreversível e incapacitante;
  • Neoplasia Maligna;
  • Espondiloartrose anquilosante;

Se você se encaixa em alguma dessas situações ou se já fez a contribuição de 12 meses, veja abaixo como solicitar o benefício.

✓ Saiba também, como fazer uma simulação de aposentadoria 2020


Como solicitar a Aposentadoria por Invalidez 2020

Como explicado nos tópicos anteriores, para que seja solicitado o benefício, terá que agendar a perícia médica do INSS. O procedimento pode ser feito pelo computador, no conforto da sua casa ou escritório, não sendo necessário se dirigir até o INSS para agendar.

Abaixo o passo a passo de como solicitar o agendamento INSS 2020, pelo computador:

  • O solicitante deverá entrar na pagina oficial, clicando aqui;
  • Selecione a opção: “Solicitar Benefício”;

  • Informe os caracteres de segurança pedido;
  • Selecione a opção “Consultar”;
  • Preencha o Estado, Município e data de Agendamento;
  • Selecione a opção “Avançar”;
  • Preencha o formulário de requerimento;

  • Selecione avançar;
  • Compareça a unidade selecionada por você, para que realize a perícia no dia e hora marcados.

Para ver o resultado o futuro beneficiário terá que consultar o seu resultado da seguinte forma:

  • O solicitante deverá entrar na pagina oficial, para agendamento online, clicando aqui;
  • Digitar o número que foi gerado no dia do agendamento;
  • Preencha com seus dados pessoais: CPF, nome e data de nascimento;
  • Insira o código de segurança;

  • Confirme e mostrará o resultado.

Lembrando que todo o acompanhamento você poderá fazer através da internet, é só seguir o passo a passo acima.

Simulação de Aposentadoria 2020: Simulador INSS Online【AQUI】

Se você já paga a contribuição do INSS e quer fazer uma simulação de aposentadoria 2020, para saber quanto tempo falta para a se aposentar, está lendo o artigo certo. Mostraremos como poderá fazer cálculo do tempo de contribuição ao INSS, para saber em quanto tempo poderá da entrada no processo de aposentadoria e quanto irá receber. Identificou-se com o assunto e quer saber mais, leia até o final e veja como fazer uma simulação de aposentadoria 2020.

Simulação de Aposentadoria 2020
Simulação de Aposentadoria 2020

Aposentadoria 2020

 Aposentadoria é o afastamento remunerado que o trabalhador irá fazer de suas atividades, após uma série de requisitos cumpridos, sendo bem variável em cada país.

No Brasil a aposentadoria é financiada pelo sistema da Previdência Social, que é um conjunto de ações do governo com o fim de assegurar aos beneficiários meios de manutenção e sustento após sua vida produtiva, onde ele não será mais disponível para o mercado de trabalho.

✓ Confira ainda, a tabela INSS 2020

Diferente de outros países, no Brasil a cobertura do atendimento a Previdência Social é universal e uniforme, devendo todos os cidadãos contribuírem enquanto ativos no mercado de trabalho, para que futuramente possa desfrutar dos proventos do seu benefício e ter uma velhice tranquila.

No entanto, a Previdência Social 2020 é financiada para toda sociedade, a partir da capacidade de cada um.

A aposentadoria INSS 2020 pela Previdência Social pode ser em 4 tipos:

  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Aposentadoria Especial.

Cada tipo exige uma quantidade mínima de contribuições para que possa dar entrada em seu benefício. Para que saiba quanto tempo você terá que contribuir e de acordo com sua receberá o benefício, veja abaixo a simulação de aposentadoria 2020.


Simulação de Aposentadoria 2020

Se você é uma pessoa que pensa no futuro, e acha importante planejar todos os passos desde jovem, a simulação de aposentadoria 2020 é um programa ideal para você.

Nele é possível fazer cálculos através de seu salário de do tempo de trabalho. Portanto, se você quer saber quando irá se aposentar e quanto irá ganhar, faça uma simulação.

Vale salientar que existem diversas variáveis no meio desse processo, como a Reforma da Previdência, onde sendo aceita muitas coisas irão mudar na forma e período de contribuição, pois várias regras poderão mudar no INSS.

Essa reforma se deve ao motivo da incompatibilidade com o pagamento das contas publicas, que estão estouradas em bilhões e é necessário mudanças para que se adapte a esse novo orçamento, essa é a realidade do Brasil nos dias atuais.

Sendo o projeto de Lei aprovado, terá que ser feita uma nova forma de realizar a simulação de aposentadoria, pois o calculo terá que ser alterado para se adaptar a nova regra da Previdência Social.

✓ Saiba fazer a contribuição INSS motoristas de Uber e 99 POP 2020

Se você deseja fazer a simulação INSS 2020 sua aposentadoria, veja abaixo todo o passo a passo e saiba quanto tempo ainda terá para a tão sonhada aposentadoria.


Como fazer Simulação de Aposentadoria 2020 

Para fazer a simulação de aposentadoria 2020, siga o passo a passo:

  • Preencha todos os seus dados, que vão de salário recebido ao tempo de trabalho;
  • Coloque as letrinhas que aparecerão anti-spam;
  • Selecione calcular.

Simulação de Aposentadoria

Feito esse procedimento você saberá o ano que poderá se aposentar e quanto irá ganhar de aposentadoria.

Fazendo essa simulação você poderá ir acompanhando ao longo de sua trajetória, para que possa se organizar e ter uma velhice confortável.

Contribuição INSS Motoristas de Uber e 99 POP 2020: Regras, Valor

A contribuição INSS motoristas de Uber e 99 POP 2020 agora é possível! O Governo Federal aprovou a lei onde agora é necessário a contribuição dos motoristas desses apps à Previdência. Neste post, confira mais informações sobre a contribuição INSS motoristas de Uber e 99 POP 2020 e fique por dentro dos detalhes desse decreto!

Contribuição dos motoristas de Uber e 99 POP no INSS

Em 15 de maio de 2019 tornou-se obrigatório a contribuição no INSS dos motoristas de uber e 99 POP 2020, assim como também motoristas vinculados a outros app.

O Governo Federal publicou no Diário Oficial da União o decreto que regulamente a contribuição à Previdência.dos motoristas vinculados à aplicativos de viagens. O documento exige a inscrição dos profissionais no INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) e transfere a fiscalização aos municípios.

Contribuição dos motoristas de Uber e 99 POP no INSS

Ao se formalizar, automaticamente os motoristas tem direito a uma série de benefícios, assim como os outros contribuintes. Benefícios como auxílio doença, aposentadoria por invalidez, e entre outros.
Assim como o site Extra.Globo informou, aquele motorista que possui vínculo empregatício e já contribuiu com o INSS pelo teto, ficará dispensado da contribuição individual. Porém, aqueles que já são assegurados, mas contribui abaixo do teto, deverão recolher como motorista também.
Abaixo, confira mais informações sobre!

Benefícios que os motoristas de Uber e 99 POP terão direito ao contribuir

Como a contribuição INSS motoristas de Uber e 99 POP 2020 passou a ser obrigatória, todos os motoristas vinculados com esses apps deverão contribuir com o INSS.

✓ Confira a tabela INSS 2020

Assim como outros contribuintes, eles passarão a ter direito a uma série de benefícios. São eles:

  • Aposentadorias;
  • Auxílio-doença;
  • Licença maternidade (para motoristas mulheres);
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Auxílio-reclusão.

Atenção!Apenas o seguro-desemprego está fora da lista. Isso porque o trabalhador contribuirá como autônomo, e não como funcionário de uma empresa, já que ele é dono do seu próprio negócio.


Inscrição INSS

O cadastro do motorista contribuinte deverá ser feito pelo próprio. Todo o procedimento poderá ser feito através de canais eletrônicos do INSSS.

Os motoristas têm a opção de contribuir como MEI (Microempreendedor individual), desde que contribua com 5% da sua renda. recebendo um salário mínimo por exemplo, no valor de R$998,00, a contribuição fica no valor de R$49,90.

Para se tornar MEI, o motorista deve ter faturamento anual de até R$ 81 mil.


Como será a aposentadoria dos motoristas de Uber e 99 POP?

Essa é uma das informações mais procuradas por aqueles que devem realizar a contribuição INSS motoristas de Uber e 99 POP 2020.

A contribuição mais baixa dá aos motoristas o direito de receber um salário mínimo como a aposentadoria. Isso após atingirem 15 anos de contribuição e 60 anos de idade, para mulheres e 65, para homens.

Mas o valor da aposentadoria pode ser maior. Isso irá acontecer se o contribuinte pagar até 20% de alíquotas sobre o faturamento mensal. 

Motoristas que já são contribuintes


Motoristas que já são contribuintes

Existem muitos casos de motoristas de aplicativo que possuem emprego, que fazem parte da tabela de contribuição e usam o transporte de passageiros como forma de complementar a renda. 

Com a aprovação da contribuição INSS motoristas de Uber e 99 POP muitos ficaram na dúvida se precisam contribuir duas vezes. Se o trabalhador já contribui à Previdência pelo teto do INSS 2020 (R$5,8 mil) não precisará pagar mais nada. 

Agora, aqueles que são funcionários público e também trabalham como motoristas de um desses aplicativos de viagens a situação é diferente. 

Eles precisam pagar o INSS de acordo com a renda obtida. Isso acontece por conta que o funcionalismo público tem um regime previdenciário próprio, o RPPS. Veja mais informações aqui!

Tabela PIS 2020: Calendário do PIS, Valor, Consulta

O Programa de Integração Social deve ser sacado anualmente, e não pode ser cumulativo! Por isso a importância de estar atento as datas da tabela PIS 2020, pois através dela é possível o empregado ficar atento a todos os prazo. Para não perder nenhuma detalhe sobre a tabela PIS 2020, veja o artigo a seguir!

Tabela PIS 2020
Tabela PIS 2020

O PIS foi instituído por Lei Complementar, com o intuito de integrar o empregado com o desenvolvimento da empresa, quanto mais tempo o empregado trabalhar junto a empresa naquele ano, maior será seu PIS.

Até 1988, o PIS funcionava de uma forma diferente, era considerada como um fundo de investimento, que renderia juros e estaria disponível quando o empregado se aposentasse.

Com a Lei Complementar, os valores pararam de ser retidos e o Governo passou a repassar os valores de forma anual para os trabalhadores, em forma de Abono Salarial 2020.

Quem tem direito a receber o PIS 2020?

De acordo com a tabela PIS 2020, para receber o valor, o empregado precisa cumprir alguma requisitos básicos:

  • Precisa estar cadastrado no PIS por um período mínimo de 5 anos;
  • Ter recebido ao mínimo dois salários mínimos de contribuição no ano base;
  • Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;
  • Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Calendário PIS 2020

Também conhecido como tabela PIS 2020 o calendário é fornecido como forma de consulta antecipada, onde o empregado pode saber ao longo do ano a data que poderá receber o seu benefício.

Para não perder o saque do PIS 2020, é importante ficar atento ao calendário:

​​Nascido em ​Recebem a partir de ​Crédito em conta Podem sacar até
​Julho ​26/07/2019 ​​25/07/2019 28/06/2020
Agosto ​16/08/2019 ​​15/08/2019 28/06/2020
Setembro ​13/09/2019 ​​12/09/2019 28/06/2020
Outubro ​18/10/2019 ​​17/10/2019 28/06/2020
Novembro 20/11/2019 ​14/11/2019 28/06/2020
Dezembro ​13/12/2019 ​​12/12/2019 28/06/2020
Janeiro ​​17/0​1/2020 16/01/2020 28/06/2020
Fevereiro ​​17/0​1/2020 16/01/2020 28/06/2020
Março ​​21/02/2020 ​​20/02/2020 28/06/2020
Abril ​​21/02/2020 ​​20/02/2020 28/06/2020
Maio ​​14/03/2020 13/03/2020 28/06/2020
Junho ​​14/03/2020 13/03/2020 28/06/2020

Geralmente os valores ficam disponíveis para saque até o meio do ano seguinte.


Tabela PIS 2020

O PIS 2020 é pago através da Caixa Econômica Federal, e assim como parte dos auxílios do INSS, é uma forma de anualmente remunerar o empregado com no máximo um salário mínimo.

Veja a tabela de com base no ano de 2019, quando o salário mínimo contava R$998,00:

Meses trabalhados (dias) Valor Abono
1 (30 a 44) R$84,00
2 (45 a 74) R$ 167,00
3 (75 a 104) R$ 250,00
4 (105 a 134) R$ 333,00
5 (135 a 164) R$ 416,00
6 (165 a 194) R$ 499,00
7 (195 a 224) R$ 583,00
8 (225 a 254) R$ 666,00
9 (255 a 284) R$ 749,00
10 (285 a 314) R$ 832,00
11 (315 a 344) R$ 915,00
12 (345 a 365) R$ 998,00

O pagamento do PIS 2020 pode ser feito através de conta corrente ou poupança pelas agencias da Caixa Econômica, em caixas eletrônicos ou Casas Lotéricas apresentando o Cartão Cidadão ou em uma agência da Caixa com o número do PIS e documentos de identificação.


Consultar PIS 2020

Para saber quem tem direito a receber o PIS 2020, ele poderá consultar sua situação.

Para isso, deverá comparecer a uma agência da Caixa Econômica, portando seu Cartão Cidadão e documentos pessoais.

Também poderá fazer a consulta pela internet, através do site da Caixa, veja como:

  • Acesse o site da Caixa Econômica;
  • Preencha os dados solicitados: como nome completo, número de inscrição social – NIS, e a senha da internet (caso não possua será necessário cadastrar).
  • Após preencher todos os dados, o empregado será direcionado para um página chamada “consulta ao Abono Salarial”. Nessa página o empregado conseguirá acessar todas as informações referentes ao recebimento do PIS 2020.

Caso o trabalhador prefira, também é possível realizar a consulta via telefone.

O empregado poderá ligar para o telefone PIS: 0800 725 0505 de segunda a sexta, das 08h às 22h, e no sábado, das 10h às 16h.

Resultado de Pericia INSS 2020: Agendamento, Resultado por CPF

Ao solicitar um benefício como auxílio-doença ou auxílio-acidente, o futuro beneficiário deve passar por uma perícia médica, apenas a partir do resultado de perícia INSS 2020, é que o cidadão saberá se teve seu pedido aprovado ou não. Continue lendo esse artigo para maiores informações sobre o resultado de perícia INSS 2020.

Resultado de Pericia INSS 2020
Resultado de Pericia INSS 2020

O INSS – Instituto Nacional do Seguro Social é o órgão responsável por receber dos contribuintes trabalhadores e pagar, caso haja necessidade despesas decorrentes deles, como:

É de tamanha importância que os trabalhadores que tenham sua carteira assinada ou até os trabalhadores autônomos contribuam com o INSS, só assim poderão ter alguns direitos garantidos quando necessário.

O interesse em pagar o INSS continuamente, é manter o INSS sem carência, ou seja, sem lapso de tempo que falte pagamento.

Pois, é no momento de solicitar qualquer benefícios que essas carências serão analisadas, e caso você esteja em débito, poderá perder o direito.


Como funciona a perícia INSS 2020?

O cidadão brasileiro só precisará realizar perícia INSS 2020, se estiver pleiteando auxílio-doença INSS 2020 ou auxílio-acidente. Esses benefício são concedidos aos contribuintes do INSS quanto passam por problemas de saúde ou sofrem algum tipo de acidente.

A forma de comprovar o acidente ou doença, além de apresentar todos os documentos médicos ao INSS, o beneficiário precisará receber o resultado de perícia INSS 2020.

Para marcar a perícia médica não é mais necessário ir a uma agência do INSS, é possível marcar através do telefone 135 ou através da internet pelo site do INSS.


Como agendar Perícia do INSS 2020?

Para agendar e receber o resultado de perícia INSS 2020, você pode ligar para o telefone 135, munido de toda documentação pessoal para fornecer todos os dados à telefonista que irá atender, ou acessar o site do INSS.

  • No site site oficial do INSS clique em agendar perícia.
  • Preencha todos os dados que serão solicitados e por fim escolha o melhor dia e horário para sua perícia.
  • No dia marcado, compareça a agência portando toda a documentação médica que você possuir relacionada ao beneficio que deseja e seus documentos pessoais.

Em média após 30 dias o beneficiário receberá uma correspondência informando se o benefício será ou não concedido ou poderá acessar o site e ver o resultado de perícia INSS 2020.


Consultar resultado de Pericia INSS 2020

Para saber se o resultado de perícia INSS 2020 da perícia foi positiva ou não, o beneficiário poderá receber uma correspondência na sua casa ou entrar no site do INSS resultado perícia.

Para melhor visualização, veja o passo a pessoa de como ver o seu resultado da perícia INSS 2020:

  • Acesse o site do INSS;
  • Busque por situação de Benefício;
  • Insira seus dados pessoais: CPF, nome completo, data de nascimento;
  • Confirme o código da imagem;
  • Aparecerá por fim o resultado do seu benefício.

Quem tem Direito a Receber os Benefícios de Perícia 

Recebeu o resultado de perícia INSS 2020? O auxílio-acidente é pago pelo INSS de forma indenizatória a empregado que sofreu algum acidente resultando em sequela permanente que possa vir a reduzir suas capacidades laborais.

Para ter direito a esse benefício, o empregado não precisa de carência, bastando apenas ser contribuinte no momento do acidente.

Já no auxílio-doença INSS, o empregado deverá estar com uma doença que o incapacite de realizar suas atividades temporariamente.

Para poder receber esse benefício o segurado deverá comprovar que cumpriu a carência de 12 meses.

No momento da perícia, ambos os auxílios serão devidamente examinados e só então o médico perito poderá atestar se houve ou não debilidade e valorar sua porcentagem de dano.

LOAS 2020: Quem tem direito? Como Receber?

A Lei Orgânica de Assistência Social – LOAS, é um benefício de prestação continuada fornecido pelo Governo. Tem direito ao LOAS 2020 pessoa com deficiência ou idoso acima de 65 anos ou mais que não tenha condiçôes financeiras de garantir sua manutenção. Para saber mais sobre o LOAS 2020, continue lendo esse artigo.

Loas 2020
LOAS 2020

Quem tem direito a receber o LOAS 2020?

Para receber o LOAS 2020, beneficio de prestação continuada, o brasileiro nato ou naturalizado, que não receba nenhuma outra renda fornecida pelo governo através da seguridade social e que tenha renda familiar de inferior a ¼ do salário mínimo, pode requerer o benefício.

Mesmo atendendo aos requisitos supracitados, o beneficiário do INSS 2020 ainda deverá se enquadrar em um dos seguinte requisitos:

  • Idoso: idade superior a 65 anos;
  • Deficientes: independe da idade, precisa comprovar debilidade a longo prazo (mínimo 2 anos) de natureza física, mental, intelectual ou sensorial. É necessários laudos médicos para todas as debilidades, e o requerente ainda se sujeitará a exame médico no INSS.

Idosos que necessitem de amparo permanentemente de terceiros tem um acréscimo de 25% no valor do benefício.

É importante frisar que o LOAS é um benefício que não necessita de contribuição prévia, geralmente é o ultimo recurso do INSS para tirar o brasileiro de uma condição de miserabilidade, é fornecer condições financeiras mínimas de sobrevivência.

✓ Confira ainda as tabelas do INSS 2020 atualizadas:

O benefício não pode ser cumulativo com nenhum outro benefício no âmbito da Seguridade Social.


Como receber o LOAS 2020

Para não haver fraudes no recebimento do LOAS 2020, é necessário fazer o cadastro do beneficiário e sua família no CadÚnico.

Posteriormente, com o CadÚnico atualizado, o requerente precisará agendar o atendimento para solicitar o benefício, pode ser através do site do INSS, do telefone 135, do aplicativo INSS ou em uma agência do INSS.

Com o cadastro realizado, será marcado perícia médica ou atendimento social. Com até 30 dias do último atendimento, chegará uma carta informando se o benefício foi ou não concedido.

Em caso positivo, o benefício passará a ser depositado em conta.


Documentos para receber o LOAS 2020

No momento de se fazer presente em uma agência, o futuro beneficiário deverá apresentar os seguintes documentos:

  • Documento de identificação e CPF do titular (ao requerente maior de 16 anos de idade será solicitado documento de identificação oficial com fotografia);
  • Formulários preenchidos e assinados, de acordo a situação do titular ;
  • Termo de Tutela, no caso de menores de 18 anos filhos de pais falecidos ou desaparecidos ou que tenham sido destituídos do poder familiar;
  • Documento que comprove regime de semiliberdade, liberdade assistida ou outra medida em meio aberto, emitido pelo órgão competente de Segurança Pública estadual ou federal, no caso de adolescentes com deficiência em cumprimento de medida socioeducativa;
  • Documento de identificação eprocuração no caso de Representante Legal do requerente.

Além desses documentos, devem apresentar os formulários solicitados pelo INSS preenchidos e assinados:

Para maiores informação, entre no site do INSS ou ligue para a Central de Atendimento do INSS pelo telefone 135.

O serviço está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h (horário de Brasília).